É bem possível que em algum momento, você já tenha ouvido falar em “taxa de conversão”. Mas sinceramente, enquanto proprietário de uma loja virtual, você sabe exatamente o que é isso? Em linhas bem gerais, a taxa de conversão para lojas virtuais é um indicador de performance-chave focado em uma ou mais metas pré-determinadas para o seu e-commerce. Sim… Eu sei que ficou confuso, mas calma que eu explico!

 

Vamos assumir que pro seu negócio a principal meta seja efetuar uma venda. Todas as vezes que um visitante acessar a sua loja e fizer uma compra, você atingiu a sua meta. No marketing digital, dizemos que esse visitante acabou de realizar uma conversão. Por curiosidade, se a sua meta fosse obter novos cadastros, isso também seria encarado como uma conversão. Entende?

 

A taxa de conversão é uma ótima métrica de acompanhamento. Ela serve para analisar os resultados alcançados com as campanhas e estratégias de marketing. Por isso, é importante conhece-la muito bem, já que só assim será possível apontar os resultados reais e quais das suas estratégias de divulgação estão trazendo os melhores resultados. É sempre bom lembrar que a taxa de conversão que você deve perseguir é sempre 100%, mas como isso é algo totalmente utópico, esse número vai variar bastante de acordo com o objetivo da empresa e com o seu tipo de negócio.

 

Sabendo a sua taxa de conversão, você consegue planejar seus investimentos e também descobrir o que exatamente atraiu os seus clientes (em que ponto eles converteram) e, dessa forma, decidir se vai aumentar o investimento nas mídias que geram mais conversões ou se vai trabalhar na otimização das campanhas com desempenho mais baixo.

 

Friso: não existe exatamente uma taxa ideal e que sirva para todos os e-commerces. Para saber a sua, é preciso conhecer e estudar o seu site, os seus objetivos de conversão e o cenário em que tudo isso está inserido. A taxa de conversão média deve ser calculada por categoria e depois disso, você saberá qual ação foi mais efetiva para o seu negócio.

 

Como medir a taxa de conversão para lojas virtuais?

taxa de conversão para lojas virtuais

Deixa eu explicar. Digamos que após 200 visitas, você conseguiu realizar “50 conversões” (pessoas que realizaram uma compra, por exemplo). Matematicamente falando, 50/200 = 0,25×100 = 25%.

 

A taxa de conversão está ligada ao valor dos produtos e serviços que você oferece. Mesmo não existindo uma taxa ideal definida, a gente sabe que empresas com produtos mais caros possuem uma taxa de conversão média de 1% e 2% (em vendas). Já as lojas com produtos de menor valor, possuem taxas que variam entre 2% e 4%. Quando o ponto de conversão se trata de cadastros e cliques, geralmente ficam entre 5% e 20%. Mas lembre: esses números são muito imprecisos e podem variar bastante, dependendo da conjuntura em que seu e-commerce está inserido.

 

Se você chegou até aqui, nada mais justo: Aprenda como aumentar a taxa de conversão para lojas virtuais!

Indo bem direto ao ponto, simplesmente não existe uma fórmula mágica que vai fazer suas conversões dispararem, PORÉM, algumas estratégias já foram validadas por diversas empresas e é sabido que algumas ações bastante específicas podem te ajudar a aumentar o seu índice de vendas ou potencializar o número de cadastros realizados na sua plataforma. É importante que você saiba que a gente concorda: ter muitas visitas na sua loja virtual é super dahora. Mas pense bem, você prefere ter 1.000 visitas e fazer 10 vendas (1% de conversão) ou 500 visitas e 50 vendas (10% de conversão)?

 

O primeiro passo para aumentar a tão mencionada taxa de conversão para lojas virtuais é conhecer o seu visitante: saiba como ele navega, de onde ele veio (busca orgânica ou paga), para onde ele vai dentro do site, quanto tempo fica em cada página, quais call to action (CTA) foram mais efetivas etc. Dessa forma você conseguirá criar estratégias de marketing mais eficientes.

Esteja atento a fatores que interferem a taxa de conversão como, por exemplo, a usabilidade do site ou carregamento das páginas e até mesmo a qualidade da navegação para mobile (sites responsivos). Palavras-chaves: site e conteúdo – invista nisso! Conhecer o seu usuário fará com que você seja capaz de adequar o conteúdo e o ambiente para o perfil dele. Otimize os pontos de contato que o lead tem com a sua plataforma, dê a ele um design interativo, CTAs, scroll-box, exit-intent, entre outras ferramentas capazes de criar diversos mecanismos para que a conversão seja feita com mais facilidade.

 

Dicas práticas:

  • Invista no layout: esse é o primeiro contato do visitante com a sua loja: capriche! A primeira impressão é a que fica 😉 Use o estudo da sua persona e crie um ambiente interativo, de rápida leitura e moderno para os seus consumidores. Eles se sentirão conectados com a sua página e com a sua empresa, aumentando as suas chances de conversão.
  • Crie demandas: sabe quando você compra, por exemplo, um notebook e, antes de finalizar a compra, aparece como sugestão “Quem comprou esse notebook também comprou esse mouse portátil”? Pois então, isso é criar demandas. Você desperta o interesse de quem está navegando na sua loja por outros produtos que auxiliam na experiência daquele que foi comprado primeiramente. Essa estratégia é muito utilizada para aumentar as taxas de conversão das lojas virtuais.
  • Use o Google Analytics: depois de arrumar a casa é importante metrificar os resultados. O Google disponibiliza diversas ferramentas de análise de desempenho e o Analytics é uma das mais completas que existem. Trata-se de um sistema bastante intuitivo e de fácil gerenciamento. Usando essa ferramenta é possível descobrir quantas pessoas estão online no seu site e quanto tempo ficaram em cada página, além de definir metas de acesso, realizar testes A/B, acompanhar as suas campanhas… E por aí vai. É um ótimo recurso para auxiliar na metrificação das suas taxas de conversão.
  • E-mail marketing: Apesar de muitas pessoas torcerem o nariz ao ouvir sobre e-mail marketing, esse ainda é um dos canais com o melhor ROI (Retorno sobre Investimento) de todos, dentro do marketing digital. Quando bem usado, é possível atingir altíssimas taxas de conversão em vendas através de um simples fluxo de nutrição.
  • Pop-ups: Eu sei. Eles também me irritam às vezes. Tem muita gente que não gosta e até desacredita na eficiência dos pop-ups, mas você sabia que existem alguns que conseguem mais de 40% de taxa de conversão? Pra isso acontecer, a criação do pop-up precisa ser muito bem elaborada e adequada ao perfil do seu consumidor – como tudo no seu e-commerce, aliás.

 

Como qualquer fórmula inexistente de sucesso, o segredo das taxas de conversão não é universal. Existem algumas coisas que funcionam pra maioria das lojas virtuais, como conhecer o perfil do seu consumidor, entender os seus interesses e estabelecer canais de comunicação com os seus potenciais clientes. Não esqueça, jamais, de medir. Você precisa metrificar tudo, acompanhar essas métricas ao longo do tempo é imprescindível para pautar as suas estratégias de marketing e ter certeza de que você está investindo nos canais de captação certos.

 

Por fim, agora que descobrimos o que é e como funciona a taxa de conversão, está na hora de colocar isso em prática e ver o seu e-commerce bombar! Nós do Melhor Envio te desejamos todo o sucesso desse mundo! Boas vendas!

Confira também